Pesquisar este blog

sexta-feira, 19 de março de 2010

QUANDO O POUCO OU O QUASE FAZEM DIFERENÇA

“Com efeito, Deus é bom para com Israel, para com os de coração limpo. Quanto a mim, porém, quase me resvalaram os pés; pouco faltou para que se desviassem os meus passos.”
(Salmos 73:1-2)

Introdução:
  1. Você já parou para pensar como o POUCO ou o QUASE muitas vezes fazem diferença?
  2. Um pouco de fermento leveda toda a massa.
  3. Um pouco de sujeira num copo de água contamina toda a água.
  4. Por pouco tempo podemos perder uma oportunidade, um ônibus, uma tragédia pode ser evitada.
  5. Um pouco doado por muitos se torna em uma grande soma.
  6. Um pouco de alegria e ânimo pode fazer uma grande diferença em uma organização.
  7. Um pouco de ódio e amargura pode fazer um grande estrago para toda vida.
  8. Na semana do Natal um menino caiu num poço abandonado e por pouco não morreu.
  9. Na vida alguns quase morrem outros quase vivem. Eu creio que isto está condicionado a duas coisas ao temor a Deus e ao estilo de vida que vivemos.

A PALAVRA DE DEUS NOS TRAZ ALGUMAS OCASIÔES EM QUE O POUCO OU O QUASE FAZEM DIFERENÇA:


I - Salmos 73:2  Quanto a mim, porém, quase me resvalaram os pés; pouco faltou para que se desviassem os meus passos.

  1. O quase ou o pouco fez diferença porque ele entrou no santuário:
  2. “até que entrei no santuário de Deus e atinei com o fim deles”.
  3. A nossa lealdade aos cultos faz diferença nestas horas.

II - Salmos 119:87  Quase deram cabo de mim, na terra; mas eu não deixo os teus preceitos.
  1. Muitos desistem de Deus por qualquer besteira.
  2. O salmista quase perdeu sua vida, mas não desistiu da Palavra de Deus.
  3. Salmos 37:10  Mais um pouco de tempo, e já não existirá o ímpio; procurarás o seu lugar e não o acharás.

III - Mateus 24:12  E, por se multiplicar a iniqüidade, o amor se esfriará de quase todos.
  1. Estamos vivendo esta época.
  2. Mas ainda bem que há um quase, porque Deus espera que você faça esta diferença.

IV - Gênesis 25:30  e lhe disse: Peço-te que me deixes comer um pouco desse cozinhado vermelho, pois estou esmorecido. Daí chamar-se Edom.
  1. A historia de Jacó e Esaú
  2. Esaú trocou a bênção de Deus na sua vida por pouco coisa.
  3. “nem haja algum impuro ou profano, como foi Esaú, o qual, por um repasto, vendeu o seu direito de primogenitura. Pois sabeis também que, posteriormente, querendo herdar a bênção, foi rejeitado, pois não achou lugar de arrependimento, embora, com lágrimas, o tivesse buscado.” (Hebreus 12:16-17)

V - 1 Reis 17:12  Porém ela respondeu: Tão certo como vive o SENHOR, teu Deus, nada tenho cozido; há somente um punhado de farinha numa panela e um pouco de azeite numa botija; e, vês aqui, apanhei dois cavacos e vou preparar esse resto de comida para mim e para o meu filho; comê-lo-emos e morreremos.
  1. A viúva de Sarepta tinha somente um punhado de farinha e um pouco de azeite. Mas colocou o pouco que tinha a disposição de Deus.
  2. “Porque assim diz o SENHOR, Deus de Israel: A farinha da tua panela não se acabará, e o azeite da tua botija não faltará, até ao dia em que o SENHOR fizer chover sobre a terra.” (1 Reis 17:14)
  3. A moedinha da viúva pobre. Mc 12.42 “O pouco que ela deu era o seu tudo”.

VI - Provérbios 6:10  Um pouco para dormir, um pouco para tosquenejar, um pouco para encruzar os braços em repouso,
  1. Provérbios 24:33  Um pouco para dormir, um pouco para tosquenejar, um pouco para encruzar os braços em repouso,
  2. O preguiçoso fala: só mais um pouquinho, espera um pouco, mas este pouco nunca chega, somente as conseqüências:
  3. “ assim sobrevirá a tua pobreza como um ladrão, e a tua necessidade, como um homem armado.” (Provérbios 6:11)

VII - Eclesiastes 10:1  Qual a mosca morta faz o ungüento do perfumador exalar mau cheiro, assim é para a sabedoria e a honra um pouco de estultícia.
  1. Uma pequena mosca morta pode estragar um  frasco inteiro de perfume.
  2. Uma vida inteira de vitória pode ser prejudicada por uma derrota.
  3. Um pouco de fermento leveda a massa: 1 Coríntios 5:6  Não é boa a vossa jactância. Não sabeis que um pouco de fermento leveda a massa toda? - Gálatas 5:9  Um pouco de fermento leveda toda a massa.

VIII - 1 Pedro 5:10  Ora, o Deus de toda a graça, que em Cristo vos chamou à sua eterna glória, depois de terdes sofrido por um pouco, ele mesmo vos há de aperfeiçoar, firmar, fortificar e fundamentar.
  1. Às vezes é necessário sofrer um pouco, mas para o Cristão, após uma noite de choro, sempre vem o amanhecer do riso.
  2. Devemos examinar qual o motivo de Deus em permitir as provas.

IX - “Então, Agripa se dirigiu a Paulo e disse: Por pouco me persuades a me fazer cristão. 29  Paulo respondeu: Assim Deus permitisse que, por pouco ou por muito, não apenas tu, ó rei, porém todos os que hoje me ouvem se tornassem tais qual eu sou, exceto estas cadeias. 30  A essa altura, levantou-se o rei, e também o governador, e Berenice, bem como os que estavam assentados com eles;” (Atos 26:28-30)
  1. O rei por pouco não foi salvo.
  2. Muitas pessoas rejeitam a Jesus por pouco, e por pouco continuam perdidas.

Conclusão:
  • Um homem  quase chegou ao céu, mas infelizmente faltou tão pouco, faltou apenas dizer sim para Jesus, morreu inesperadamente sem salvação.
  • Outro homem por pouco não foi para o inferno: Por causa de sua depravação chegou a beira da morte, mas disse sim para Jesus, hoje perduado, curado é um servo de Deus.
  • Qual é a sua história?

O AMOR DE DEUS

“Aquele que não ama não conhece a Deus, pois Deus é amor. (1 João 4:8)

Introdução:
Uma poesia Grega conta como um herói de Tróia ao chegar no seu lar, vestido de sua armadura, tentou abraçar seu filho que fugia dele aterrorizado, finalmente ele tira o capacete dizendo é seu pai, e dá um abraço apertado em seu filho que corre para os seus braços. Deus é tão grande a ponto de encher o universo, mas ao mesmo tempo se faz tão pequeno ao vir morar no coração do pecador arrependido.
  1. É um amor singular - Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho Unigênito para que todo aquele que nele crê não pereça mas tenha a vida eterna. Jô 3.16
  2. É um amor eterno - “De longe se me deixou ver o SENHOR, dizendo: Com amor eterno eu te amei; por isso, com benignidade te atraí.” (Jeremias 31:3)
  3. É um amor que perdoa - “Eu, eu mesmo, sou o que apago as tuas transgressões por amor de mim e dos teus pecados não me lembro.” (Isaías 43:25) - “e da parte de Jesus Cristo, a Fiel Testemunha, o Primogênito dos mortos e o Soberano dos reis da terra. Àquele que nos ama, e, pelo seu sangue, nos libertou dos nossos pecados,” (Apocalipse 1:5)
  4. É um amor que renova - “O SENHOR, teu Deus, está no meio de ti, poderoso para salvar-te; ele se deleitará em ti com alegria; renovar-te-á no seu amor, regozijar-se-á em ti com júbilo.” (Sofonias 3:17)
  5. É um amor que transborda - “Ora, a esperança não confunde, porque o amor de Deus é derramado em nosso coração pelo Espírito Santo, que nos foi outorgado.” (Romanos 5:5)
  6. É um amor provado - “Mas Deus prova o seu próprio amor para conosco pelo fato de ter Cristo morrido por nós, sendo nós ainda pecadores.” (Romanos 5:8)
  7. É um amor inseparável - “Quem nos separará do amor de Cristo? Será tribulação, ou angústia, ou perseguição, ou fome, ou nudez, ou perigo, ou espada?” (Romanos 8:35)
  8. É um amor grandioso - “Mas Deus, sendo rico em misericórdia, por causa do grande amor com que nos amou,” (Efésios 2:4)
  9. É um amor inexplicável - “e conhecer o amor de Cristo, que excede todo entendimento, para que sejais tomados de toda a plenitude de Deus.” (Efésios 3:19)
  10. É um amor que transforma - “Vede que grande amor nos tem concedido o Pai, a ponto de sermos chamados filhos de Deus; e, de fato, somos filhos de Deus. Por essa razão, o mundo não nos conhece, porquanto não o conheceu a ele mesmo.” (1 João 3:1)
  11. É um amor que sacrifica - “Nisto consiste o amor: não em que nós tenhamos amado a Deus, mas em que ele nos amou e enviou o seu Filho como propiciação pelos nossos pecados.” (1 João 4:10) - “logo, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim; e esse viver que, agora, tenho na carne, vivo pela fé no Filho de Deus, que me amou e a si mesmo se entregou por mim.” (Gálatas 2:20) - “e andai em amor, como também Cristo nos amou e se entregou a si mesmo por nós, como oferta e sacrifício a Deus, em aroma suave.” (Efésios 5:2 )
  12. É um amor que protege - “guardai-vos no amor de Deus, esperando a misericórdia de nosso Senhor Jesus Cristo, para a vida eterna.” (Judas 1:21)

Conclusão:
  • Deus ama a todos: “Quando, porém, se manifestou a benignidade de Deus, nosso Salvador, e o seu amor para com todos,” (Tito 3:4)
  • Como você tem amado a Deus?
  • “Que te farei, ó Efraim? Que te farei, ó Judá? Porque o vosso amor é como a nuvem da manhã e como o orvalho da madrugada, que cedo passa.” (Oséias 6:4)
  • “Tenho, porém, contra ti que abandonaste o teu primeiro amor.” (Apocalipse 2:4)

O GRANDE AMOR DE DEUS

   “Aquele que não ama não conhece a Deus, pois Deus é amor. Nisto se manifestou o amor de Deus em nós: em haver Deus enviado o seu Filho unigênito ao mundo, para vivermos por meio dele. Nisto consiste o amor: não em que nós tenhamos amado a Deus, mas em que ele nos amou e enviou o seu Filho como propiciação pelos nossos pecados.” (1 João 4:8-10)

   Disse o ateu Bertrand Russel: “O homem é produto das causas. Seu desenvolvimento é resultado da disposição acidental dos átomos”. Quando já idoso fez uma triste declaração no terceiro volume de sua biografia: “Tudo que fiz foi inútil”.
De fato, a vida sem o amor de Deus é uma vida vazia e inútil. É como uma flor que murcha, morre e não deixa semente. Somente com Deus ela renasce.
A que comparar este amor? As estrelas do céu, aos grãos da areia, as alturas ou profundidade? Champion afirmou: “O Amor de Deus é mais abundante que atmosfera. O ar se eleva em camada sobre a terra até a altura de cerca de 100 km, enquanto que amor de Deus atinge o próprio céu e preenche o universo”.
Meyer disse: - “Todo o amor de todos os corações comparado com o amor do coração de Deus é como a tocha do vaga-lume perto do sol ao meio dia”.
    Thomas Paine, famoso infiel, e autor de “A Era da Razão, não preparou a sua alma para enfrentar a mor­te e a eternidade. Quando fez-se ouvir o apelo da morte, o medo tomou conta dele que disse: “Eu daria mundos se o possuísse, para que “A Era da Razão” nunca tivesse sido publicada. Oh, Senhor, ajuda-me! Cristo. ajuda-me! Oh, Deus, o que é que eu fiz para sofrer tanto? Mas não há Deus! Mas se existisse, o que seria de mim na vida fatura? Fique comigo, por amor de Deus! Mande pelo menos uma criança ficar comigo, porque é um inferno ficar sozinho. Se o diabo já teve um agente, fui eu.” (Folheto Você está preparado) – É muito triste e horrivel para uma alma que parte sem conhecer o grande amor de Deus.

ALGUNS FATOS SOBRE O AMOR DE DEUS:

I - FOI UM AMOR PROPOSITAL

O amor de Deus é um amor PROPOSITAL, ou seja, Deus decidiu nos amar desde os tempos eternos conforme lemos nas Escrituras: “..assim como nos escolheu nele antes da fundação do mundo, para sermos santos e irrepreensíveis perante ele; e em amor...” (Efésios 1:4).
Não houve nenhuma força externa ou méritos em suas criaturas que o levasse a amar. Algumas manifestações deste amor proposital são:
  • No sacrifício infinito que fez pela salvação dos perdidos. 1Jo 4.9-10
  • No proporcionar pleno e completo perdão aos que crêem e se arrependem. “Deixe o perverso o seu caminho, o iníquo, os seus pensamentos; converta-se ao SENHOR, que se compadecerá dele, e volte-se para o nosso Deus, porque é rico em perdoar”. (Isaías 55:7)
  • No ministrar àqueles que Ele ama protegendo-os do mal.  - De Benjamim disse: O amado do SENHOR habitará seguro com ele; todo o dia o SENHOR o protegerá, e ele descansará nos seus braços. (Deuteronômio 33:12)
II - FOI UM AMOR INCONDICIONAL                                         

  Em segundo lugar, quero ressaltar que o amor de Deus é um amor INCONDICIONAL, Deus não impôs nenhuma condição para amar as suas criaturas: Porque Cristo, quando nós ainda éramos fracos, morreu a seu tempo pelos ímpios.  Dificilmente, alguém morreria por um justo; pois poderá ser que pelo bom alguém se anime a morrer.  Mas Deus prova o seu próprio amor para conosco pelo fato de ter Cristo morrido por nós, sendo nós ainda pecadores. (Romanos 5:6-8).
Uma grande prova deste amor incondicional foi Saulo o blasfemo e atroz perseguidor da igreja, que atingido por este amor foi transformado no Apostolo Paulo. “Quando, porém, se manifestou a benignidade de Deus, nosso Salvador, e o seu amor para com todos, não por obras de justiça praticadas por nós, mas segundo sua misericórdia, ele nos salvou mediante o lavar regenerador e renovador do Espírito Santo, que ele derramou sobre nós ricamente, por meio de Jesus Cristo, nosso Salvador”, ( Epístola de Paulo para Tito 3:4-6)
“Deus ama os pecadores, aqueles que estão mortos no pecado, isto não significa que ele os ame na capacidade de pecadores, mas que os ama a despeito de seu pecado”. Bencroft

III - FOI UM AMOR SACRIFICIAL                                             
                                                                               
  Em terceiro e último lugar, você precisa saber que este amor é um amor SACRIFICIAL. O amor implica em sacrifício – Não meramente em emoção, mas em concessão. O Versículo mais conhecido da Bíblia afirma: “Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.” (João 3:16) Jesus é a maior prova do amor de Deus pelas suas criaturas, mas você precisa aceitar este presente: “Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, a saber, aos que crêem no seu nome;” (João 1:12) Vede que grande amor nos tem concedido o Pai, a ponto de sermos chamados filhos de Deus; e, de fato, somos filhos de Deus. Por essa razão, o mundo não nos conhece, porquanto não o conheceu a ele mesmo. (1 João 3:1) Por isso, quem crê no Filho tem a vida eterna; o que, todavia, se mantém rebelde contra o Filho não verá a vida, mas sobre ele permanece a ira de Deus. (João 3:36)
Um criminoso que já havia comparecido diversas vezes diante do tribunal foi convocado mais uma vez. Alegrou-se muito quando ficou sabendo que um advogado que já o defendera em ocasiões anteriores era agora o juiz do tribunal. Mas esta atitude mudou quando o magistrado declarou: “Quando eu era advogado, eu o defendia; mas já não estou mais associado com você nessa condição. Agora já não  tenho mais obrigação de defendê-lo, mas sim de julgá-lo. Ouvirei as evidências, e então resolverei o seu caso, de acordo com o jura­mento que fiz de agir com justiça como autoridade deste tribunal”. Do mesmo modo Jesus veio uma vez a esta terra como Salvador. Por isso, hoje, ele nos convida com todo amor a participar da Fonte da Graça, para que possamos aceitá-lo como nosso Senhor, Mediador e Santo Intercessor diante do Pai. Contudo, se deixarmos a salvação para depois e rejeitarmos a doce insistência do Evangelho, um dia vamos enfrentá-lo como nosso juiz. (ilustração do livro devocional Pão Diário).
Somente debaixo dos cuidados deste Deus de amor é que podemos encontrar o verdadeiro sentido da vida. Creia nisso.
Pr José Eraclides da Silva Vargas

Notas explicativas:
Propriciação - Ato realizado para aplacar a ira de Deus sobre o pecado, de modo a ser satisfeita a sua santidade e a sua justiça, tendo como resultado o perdão do pecado e a restauração do pecador à comunhão com Deus. No Antigo Testamento a propiciação era realizada por meio dos sacrifícios, os quais se tornaram desnecessários com a vinda de Cristo, que se ofereceu como sacrifício em lugar dos pecadores.
Unigênito – Único da espécie. Deus só tinha um Filho.
Misericórdia – Deus não nos dá o castigo que merecemos.
Graça – Favor imerecido e que não tem como ser retribuído a altura. Todos os favores de Deus para conosco. O principal foi o Sacrifício de seu Filho em nosso lugar.
 

A ORAÇÃO INTERCESSÓRIA

 1 Ts 5:25  Irmãos, orai por nós.

Servos de Deus testemunham que os momentos de seus ministérios mais bem sucedidos foram quando havia paralelamente a ele, um ministério de intercessão.
O Profeta é aquele que leva a Palavra de Deus aos homens; O Sacerdote é aquele que leva os homens até Deus.
Interceder é exercer a função de um sacerdote: Levar os homens até o trono de Deus.(Quando você ora por eles).

BENEFÍCIOS PESSOIS DA ORAÇÃO INTERCESSÓRIA:
  1. Resulta de um coração obediente. – 1 Samuel 12:23  Quanto a mim, longe de mim que eu peque contra o SENHOR, deixando de orar por vós; antes, vos ensinarei o caminho bom e direito.
  2. Evita os falatórios inúteis. – Jó 42:8  Tomai, pois, sete novilhos e sete carneiros, e ide ao meu servo Jó, e oferecei holocaustos por vós. O meu servo Jó orará por vós; porque dele aceitarei a intercessão, para que eu não vos trate segundo a vossa loucura; porque vós não dissestes de mim o que era reto, como o meu servo Jó.
  3. Chega até o trono de Deus por uma causa sublime. – 2 Ts 3:1  Finalmente, irmãos, orai por nós, para que a palavra do Senhor se propague e seja glorificada, como também está acontecendo entre vós;
  4. Deus dará a você tudo que desejar ao seu próximo. – “ Mudou o SENHOR a sorte de Jó, quando este orava pelos seus amigos; e o SENHOR deu-lhe o dobro de tudo o que antes possuíra.” (Jó 42:10)
  5. Está construído para a eternidade. – “18  com toda oração e súplica, orando em todo tempo no Espírito e para isto vigiando com toda perseverança e súplica por todos os santos 19 e também por mim; para que me seja dada, no abrir da minha boca, a palavra, para, com intrepidez, fazer conhecido o mistério do evangelho,” (Efésios 6:18-19)
  6. Recebemos força pessoal de Deus para a nossa própria vida espiritual.  – Colossenses 1:9  Por esta razão, também nós, desde o dia em que o ouvimos, não cessamos de orar por vós e de pedir que transbordeis de pleno conhecimento da sua vontade, em toda a sabedoria e entendimento espiritual;
  7. Seremos abençoados com na benção do irmão. – “Pedro, pois, estava guardado no cárcere; mas havia oração incessante a Deus por parte da igreja a favor dele.” (Atos 12:5)

MOTIVOS PARA INTERCEDER
  1. Agradecendo – Cl 1:3  Damos sempre graças a Deus, Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, quando oramos por vós,
  2. Para que sejam dignos da vocação – 2 Ts 1:11  Por isso, também não cessamos de orar por vós, para que o nosso Deus vos torne dignos da sua vocação e cumpra com poder todo propósito de bondade e obra de fé,
  3. Para que viva condignamente -  Hebreus 13:18  Orai por nós, pois estamos persuadidos de termos boa consciência, desejando em todas as coisas viver condignamente.
  4. Para Deus livrá-lo do mal – “Não peço que os tires do mundo, e sim que os guardes do mal.” (João 17:15) – “Estamos orando a Deus para que não façais mal algum, não para que, simplesmente, pareçamos aprovados, mas para que façais o bem, embora sejamos tidos como reprovados.” (2Co 13:7)
  5. Para que seu amor aumente – “E também faço esta oração: que o vosso amor aumente mais e mais em pleno conhecimento e toda a percepção,” (Fp 1:9)
  6. Para reparar as deficiências da sua fé – “orando noite e dia, com máximo empenho, para vos ver pessoalmente e reparar as deficiências da vossa fé?” (1 Ts 3:10)
  7. Para aliviar seu sofrimento – “Está alguém entre vós sofrendo? Faça oração. Está alguém alegre? Cante louvores.” (Tiago 5:13)
  8. Pela sua cura física – “Está alguém entre vós doente? Chame os presbíteros da igreja, e estes façam oração sobre ele, ungindo-o com óleo, em nome do Senhor.” (Tiago 5:14)
  9. Pela cura espiritual – “E a oração da fé salvará o enfermo, e o Senhor o levantará; e, se houver cometido pecados, ser-lhe-ão perdoados.” (Tiago 5:15) – “Confessai, pois, os vossos pecados uns aos outros e orai uns pelos outros, para serdes curados. Muito pode, por sua eficácia, a súplica do justo.” (Tiago 5:16)
  10. Pelos encarcerados – “Lembrai-vos dos encarcerados, como se presos com eles; dos que sofrem maus tratos, como se, com efeito, vós mesmos em pessoa fôsseis os maltratados.” (Hebreus 13:3)
  11. Salvação - Para que Deus proteja, supra o que falta, resolva suas dificuldades, mas principalmente para que Deus salve aqueles que não conhecem Jesus. Rm 10.1

Pr José Eraclides da Silva Vargas

quinta-feira, 18 de março de 2010

O QUE DEUS FAZ COM OS NOSSOS PECADOS

Texto Mq 7.18-20
Introdução:
Não é preciso ir muito longe para nos depararmos com a realidade do pecado, basta olharmos em nossa volta ou  mesmo para dentro de nós mesmos. Pecaria aquele que afirmasse não pecar e estaria enganando a si próprio. (1Jo 1.8) Emery H. Bancroft afirma: “A consciência testifica inequivocamente da realidade do pecado. Ninguém, que tenha idade de responsabilidade, tem vivido livre de senso de culpa pessoal e contaminação moral. O remorso da consciência, por causa do mal praticado, persegue a todos os filhos e filhas de Adão, ao passo que as conseqüências entristecedoras e terríveis do pecado são vistas através da deterioração física, mental e moral da raça.”

Definições teológicas do pecado:

  1. “Pecado é errar o alvo”. (Harmatía)
  2. “Pecado é transgressão a lei de Deus”.
  3. “Pecado é Desejo desordenado ou concupiscência”.
  4. “Pecado é insubordinação” (Desobediência deliberada).
  5. “Pecado é não conformar com a lei de Deus” (Desejos, atos e pensamentos).
  6. “Pecado é preferir a si e não a Deus”. (Egoísmo)
  7. “Atitudes erradas para com Deus e o próximo.”


ST: O QUE DEUS FAZ COM OS NOSSOS PECADOS:

1. Lança nas profundezas do mar.
Quem, ó Deus, é semelhante a ti, que perdoas a iniqüidade e que te esqueces da rebelião do restante da tua herança? O SENHOR não retém a sua ira para sempre, porque tem prazer na benignidade.  Tornará a apiedar-se de nós, subjugará as nossas iniqüidades e lançará todos os nossos pecados nas profundezas do mar.  Darás a Jacó a fidelidade e a Abraão, a benignidade que juraste a nossos pais, desde os dias antigos. (Miquéias 7:18-20 RC)

2. Afasta de nós.
Quanto está longe o Oriente do Ocidente, assim afasta de nós as nossas transgressões. (Salmos 103:12 RC)

3. Lança para traz de si.
Eis que, para minha paz, eu estive em grande amargura; tu, porém, tão amorosamente abraçaste a minha alma, que não caiu na cova da corrupção, porque lançaste para trás das tuas costas todos os meus pecados. (Isaías 38:17 RC)

4. Torna branco como a neve.
Vinde, então, e argüi-me, diz o SENHOR; ainda que os vossos pecados sejam como a escarlata, eles se tornarão brancos como a neve; ainda que sejam vermelhos como o carmesim, se tornarão como a branca lã. (Isaías 1:18 RC)

5. Remove
Naquele dia, haverá uma fonte aberta para a casa de Davi e para os habitantes de Jerusalém, contra o pecado e contra a impureza. (Zacarias 13:1 RC)

6. Tira
No dia seguinte, João viu a Jesus, que vinha para ele, e disse: Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo. (João 1:29 RC)

7. Esquece
Porque serei misericordioso para com as suas iniqüidades e de seus pecados e de suas prevaricações não me lembrarei mais. (Hebreus 8:12 RC)

8. Carrega
levando ele mesmo em seu corpo os nossos pecados sobre o madeiro, para que, mortos para os pecados, pudéssemos viver para a justiça; e pelas suas feridas fostes sarados. (1 Pedro 2:24 RC)

9. Perdoa
Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça. (1 João 1:9 RC)

10. Apaga
Tem misericórdia de mim, ó Deus, segundo a tua benignidade; apaga as minhas transgressões, segundo a multidão das tuas misericórdias. (Salmos 51:1 RC)

Conclusão:
Você já recebeu de Deus o perdão para os seus pecados?
Ele quer perdoa-lo agora, vá a Ele arrependido!

SER CRISTÃO

Introdução:
  1. O desgaste (desvanecimento) de certas palavras e expressões faz com que elas tomem um outro sentido na história corrompendo o seu verdadeiro significado. Tornando-se muitas vezes como uma gíria popular. Tanto na vida secular como na vida espiritual (teologia)
  2. Ex. seculares: corcel, gato, cão, veado, vaquinha, cabra, burro, cana, xadrez, chato,
  3. Ex. teológicos: - crente, avivamento, profetizar (decretar ou pregar?), pentecostal, evangélico, gospel, Se Deus quiser! Jesus Cristo!
  4. Por isso, antes de falarmos o que é realmente ser um Cristão, é mister que façamos uma análise da etimologia da palavra.
  5. Cristo – A palavra Cristo significa o mesmo que Ungido, o título Cristo no grego é a tradução do Hebraico Messias. O termo deriva-se do ministério dos profetas do VT, de ungir com óleo na cabeça àquele que era chamado por Deus para uma missão especial como Profetas 1Rs 19.16, sacerdotes, Êx 30.30 e reis 1Sm 16.1-13.
  6. Um dos títulos de Jesus, a quem Deus escolheu para ser o Salvador da humanidade (Jo 1.41; At 4.26-27).
  7. Cristão – O mesmo que pequenos Cristos – termo bíblico usado para designar àqueles que são discípulos de Cristo. Aqueles que seguem os seus passos e ensinos.
  8. Hoje muitos são chamados de Cristãos. Em certos paises por ex: Cristãos vivem em guerra com os chamados “Protestantes”. Seriam todos cristãos na essência da Palavra?
  9. Quando exatamente uma pessoa torna-se Cristã? No berço, no batismo, ou no catecismo ou na conversão? Se o termo significa o mesmo que Ungido, só podemos ser Cristãos depois da Unção que acontece no momento da conversão ou Novo Nascimento:
  10. a.    “Respondeu-lhes Pedro: Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo para remissão dos vossos pecados, e recebereis o dom do Espírito Santo.” (Atos 2:38 )
  11. b.    “Arrependei-vos, pois, e convertei-vos para serem cancelados os vossos pecados, a fim de que, da presença do Senhor, venham tempos de refrigério, e que envie ele o Cristo, que já vos foi designado, Jesus,” (Atos 3:19-20)
  12. c.    1Jo 2:20  E vós possuís unção que vem do Santo e todos tendes conhecimento.
  13. d.    1Jo 2:27  Quanto a vós outros, a unção que dele recebestes permanece em vós, e não tendes necessidade de que alguém vos ensine; mas, como a sua unção vos ensina a respeito de todas as coisas, e é verdadeira, e não é falsa, permanecei nele, como também ela vos ensinou.
  14. E quando esta unção acontece?
  15. “em quem também vós, depois que ouvistes a palavra da verdade, o evangelho da vossa salvação, tendo nele também crido, fostes selados com o Santo Espírito da promessa; o qual é o penhor da nossa herança, ao resgate da sua propriedade, em louvor da sua glória.” (Ef 1:13-14)
  16. “E não entristeçais o Espírito de Deus, no qual fostes selados para o dia da redenção.” (Ef 4:30)
  17. “Pois, em um só Espírito, todos nós fomos batizados em um corpo, quer judeus, quer gregos, quer escravos, quer livres. E a todos nós foi dado beber de um só Espírito.” (1Co 12:13)
  18. Só existem três passagens das Escrituras que usa a palavra “CRISTÃO” para descrever aqueles que são seguidores de Jesus.

I - “Existe uma diferença entre dizer-se e ser reconhecido como”.
  1. “tendo-o encontrado, levou-o para Antioquia. E, por todo um ano, se reuniram naquela igreja e ensinaram numerosa multidão. Em Antioquia, foram os discípulos, pela primeira vez, chamados cristãos.” (Atos 11:26)
  2. Com a morte de Estevão os que foram dispersos chegam a Fenícia, Chipre e Antioquia anunciando a Palavra.
  3. Alguns que eram de Chipre e de Cirene foram para Antioquia e anunciavam Jesus também aos gregos. E muitos, crendo se convertem ao Senhor.
  4. A Igreja de Jerusalém, ao ouvir estas noticias, envia Barnabé à Antioquia. Que exortava todos permanecer no Senhor. E mais pessoas se unem ao Senhor.
  5. Neste intervim Saulo é transformado no Apostolo Paulo.
  6. Barnabé vai a Tarso a procura de Paulo e o leva consigo para Antioquia.
  7. E por um ano, reuniu-se naquela igreja uma numerosa multidão.
  8. E assim, Em Antioquia, foram os discípulos, pela primeira vez, chamados cristãos.” (Resumo de Atos 11:19-26)
  9. Aplicação: Eles não somente diziam-se Cristãos – Mas foram reconhecidos como tais. Por que seus atos eram condizentes. (Também Atos 4.13).
  10. Eles demonstravam o amor de Jesus (Jô 13.34,35) - Veja por ex. Atos 11.27-30 – A profecia de Ágapo e o socorro enviado pelos discípulos.
  11. Dizer pode ser fácil o difícil é viver como, é fazer as obras de um cristão.
  12. Existe muitos que se dizem Cristãos, mas biblicamente são poucos que são reconhecidos como tais. 

II - “Existe uma diferença entre ser e o quase ser".

  1. Atos 26:28  Então, Agripa se dirigiu a Paulo e disse: Por pouco me persuades a me fazer cristão.
  2. O termo “Cristão” já havia chegado nos palácios reais.
  3. O apostolo Paulo se encontra diante do rei Agripa trazido pelo governador chamado Festo, que o ouve por curiosidade.
  4. Paulo dá seu testemunho de conversão; mas no final é interrompido pelo governador:
  5. “Dizendo ele estas coisas em sua defesa, Festo o interrompeu em alta voz: Estás louco, Paulo! As muitas letras te fazem delirar! Paulo, porém, respondeu: Não estou louco, ó excelentíssimo Festo! Pelo contrário, digo palavras de verdade e de bom senso. Porque tudo isto é do conhecimento do rei, a quem me dirijo com franqueza, pois estou persuadido de que nenhuma destas coisas lhe é oculta; porquanto nada se passou em algum lugar escondido. Acreditas, ó rei Agripa, nos profetas? Bem sei que acreditas.” (Atos 26:24-27)
  6. A resposta do Rei: Por poupo me persuades a me fazer cristão..
  7. Paulo dá uma alfinetada no rei: “Paulo respondeu: Assim Deus permitisse que, por pouco ou por muito, não apenas tu, ó rei, porém todos os que hoje me ouvem se tornassem tais qual eu sou, exceto estas cadeias.” (Atos 26:29)
  8. Aplicação: Tem muitos que quase aceitam a Jesus, vêm a igreja, ouvem, são convencidos, como Agripa, mas não convertidos. Porém, o inimigo coloca os “Festos” deste mundo para interromper, E partem deste mundo para eternidade sem Jesus. Quase foram salvos!
  9. Há muitos que estão apenas, brincando de faz de conta que são cristãos, mas não tem preparo algum para estar diante do Grande Maestro da Vida.

III - “Existe uma diferença entre ser e ter alegria de ser”
  1. 1 Pedro 4:16  mas, se sofrer como cristão, não se envergonhe disso; antes, glorifique a Deus com esse nome.
  2. Há muitos que são cristãos por conveniência, por medo do juízo, porque sabem que não outra alternativa, mas que não tem o brilho e alegria de um cristão.
  3. Cristãos sem compromissos não trazem preocupação para o reino das trevas, não trazem nenhuma ameaça para o mesmo, são pessoas que tanto faz qualquer coisa, que não fazem a diferença.
  4. Cristãos que na hora do trabalho, das provas, do pagar o preço da renúncia, do sacrifício se escondem.
  5. O Cristão que tem alegria (orgulho) de ser um cristão, está disposto a pagar o preço que falou Pedro: -  “Amados, não estranheis o fogo ardente que surge no meio de vós, destinado a provar-vos, como se alguma coisa extraordinária vos estivesse acontecendo; pelo contrário, alegrai-vos na medida em que sois co-participantes dos sofrimentos de Cristo, para que também, na revelação de sua glória, vos alegreis exultando. Se, pelo nome de Cristo, sois injuriados, bem-aventurados sois, porque sobre vós repousa o Espírito da glória e de Deus.” (1Pe 4:12-14)
  6. O sacrifício maior é não servir a Cristo: “Não sofra, porém, nenhum de vós como assassino, ou ladrão, ou malfeitor, ou como quem se intromete em negócios de outrem;” (1 Pedro 4:15)
  7. Se sofrer como Cristão, não se envergonhe disso
  8. Antes glorifique a Deus com este nome:
  • Eu sou Cristão graças a Deus – porque antes eu era um mentiroso.
  • Eu sou Cristão graças a Deus por antes eu era um blasfemo.
  • Eu sou um cristão, graças a Deus, antes eu era um perdido. Etc...

Conclusão: 

“Existe uma diferença entre dizer-se e ser reconhecido como”.
“Existe uma diferença entre ser, e o quase ser “.
“Existe uma diferença entre ser e ter alegria de ser”

Que tipo de Cristão você é?
Você é reconhecido como Cristão?
Você é realmente um Cristão ou quase é?
Você tem alegria de ser um cristão? Ou tanto faz?

CRISTO A ROCHA

1Pedro 2.1-9

Introdução:
Uma casa só terá segurança se construída na Rocha
A parábola contada por Cristo: A casa na areia caiu.
Há muitos que estão construindo suas vidas na areia ou quanto muito sobre pedregulhos.
Porque devemos construir as nossas vidas na Rocha: Porque Cristo é a Rocha...

I – A ROCHA FERIDA
.
Ex 17.6. - Eis que estarei ali diante de ti sobre a rocha em Horebe; ferirás a rocha, e dela sairá água, e o povo beberá. Moisés assim o fez na presença dos anciãos de Israel.
1Co 10.4 - e beberam da mesma fonte espiritual; porque bebiam de uma pedra espiritual que os seguia. E a pedra era Cristo.

II – A ROCHA PRECIOSA.
Is 28.16 - Portanto, assim diz o SENHOR Deus: Eis que eu assentei em Sião uma pedra, pedra já provada, pedra preciosa, angular, solidamente assentada; aquele que crer não foge.
1Pe 2.6,7 - Pois isso está na Escritura: Eis que ponho em Sião uma pedra angular, eleita e preciosa; e quem nela crer não será, de modo algum, envergonhado. 7  Para vós outros, portanto, os que credes, é a preciosidade; mas, para os descrentes, A pedra que os construtores rejeitaram, essa veio a ser a principal pedra, angular

III – A ROCHA ANGULAR.
Mt 21.41-42 - Responderam-lhe: Fará perecer horrivelmente a estes malvados e arrendará a vinha a outros lavradores que lhe remetam os frutos nos seus devidos tempos. 42  Perguntou-lhes Jesus: Nunca lestes nas Escrituras: A pedra que os construtores rejeitaram, essa veio a ser a principal pedra, angular; isto procede do Senhor e é maravilhoso aos nossos olhos?
Ef 2.20 - edificados sobre o fundamento dos apóstolos e profetas, sendo ele mesmo, Cristo Jesus, a pedra angular; Também Mt 16.18.

IV – A ROCHA VIVA.
2Sm 23.3 - Disse o Deus de Israel, a Rocha de Israel a mim me falou: Aquele que domina com justiça sobre os homens, que domina no temor de Deus,
1Pe 2.4 - Chegando-vos para ele, a pedra que vive, rejeitada, sim, pelos homens, mas para com Deus eleita e preciosa,

V – A ROCHA INCOMPARÁVEL.
Dt 32.31 - Porque a rocha deles não é como a nossa Rocha; e os próprios inimigos o atestam.
1Sm 2.2,3 - Não há santo como o SENHOR; porque não há outro além de ti; e Rocha não há, nenhuma, como o nosso Deus. 3  Não multipliqueis palavras de orgulho, nem saiam coisas arrogantes da vossa boca; porque o SENHOR é o Deus da sabedoria e pesa todos os feitos na balança.

VI – A ROCHA DE REFÚGIO.
2Sm 22.2,3 - 2 E disse: O SENHOR é a minha rocha, a minha cidadela, o meu libertador; 3  o meu Deus, o meu rochedo em que me refugio; o meu escudo, a força da minha salvação, o meu baluarte e o meu refúgio. Ó Deus, da violência tu me salvas.
2Sm 22.47 - Vive o SENHOR, e bendita seja a minha Rocha! Exaltado seja o meu Deus, a Rocha da minha salvação!

VII – A ROCHA ONIPOTENTE.
Dn 2.34,35 - 34  Quando estavas olhando, uma pedra foi cortada sem auxílio de mãos, feriu a estátua nos pés de ferro e de barro e os esmiuçou. 35  Então, foi juntamente esmiuçado o ferro, o barro, o bronze, a prata e o ouro, os quais se fizeram como a palha das eiras no estio, e o vento os levou, e deles não se viram mais vestígios. Mas a pedra que feriu a estátua se tornou em grande montanha, que encheu toda a terra.
Sl 40.1,2 - 1 Esperei confiantemente pelo SENHOR; ele se inclinou para mim e me ouviu quando clamei por socorro. 2  Tirou-me de um poço de perdição, de um tremedal de lama; colocou-me os pés sobre uma rocha e me firmou os passos.

Conclusão:
Você pode construir a sua vida sobre a Rocha.  - Todo aquele, pois, que ouve estas minhas palavras e as pratica será comparado a um homem prudente que edificou a sua casa sobre a rocha; 25  e caiu a chuva, transbordaram os rios, sopraram os ventos e deram com ímpeto contra aquela casa, que não caiu, porque fora edificada sobre a rocha. (Mateus 7:24-25)
Você pode tropeçar na Rocha.  - Todo o que cair sobre esta pedra ficará em pedaços; e aquele sobre quem ela cair ficará reduzido a pó. (Mateus 21:44)
Você pode rejeitar a Rocha. 1Pd 2.7,8
Você pode desprezar a Rocha. Dt 32.15,16
Mas, engordando-se o meu amado, deu coices; engordou-se, engrossou-se, ficou nédio e abandonou a Deus, que o fez, desprezou a Rocha da sua salvação.  Com deuses estranhos o provocaram a zelos, com abominações o irritaram. (Deuteronômio 32:15-16)
OU ENTÃO..
Chegar até a Rocha. 1Pe 2.4 - “Chegando-vos para ele, a pedra que vive, rejeitada, sim, pelos homens, mas para com Deus eleita e preciosa,” (1 Pedro 2:4)