Pesquisar este blog

sexta-feira, 19 de março de 2010

O AMOR DE DEUS

“Aquele que não ama não conhece a Deus, pois Deus é amor. (1 João 4:8)

Introdução:
Uma poesia Grega conta como um herói de Tróia ao chegar no seu lar, vestido de sua armadura, tentou abraçar seu filho que fugia dele aterrorizado, finalmente ele tira o capacete dizendo é seu pai, e dá um abraço apertado em seu filho que corre para os seus braços. Deus é tão grande a ponto de encher o universo, mas ao mesmo tempo se faz tão pequeno ao vir morar no coração do pecador arrependido.
  1. É um amor singular - Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho Unigênito para que todo aquele que nele crê não pereça mas tenha a vida eterna. Jô 3.16
  2. É um amor eterno - “De longe se me deixou ver o SENHOR, dizendo: Com amor eterno eu te amei; por isso, com benignidade te atraí.” (Jeremias 31:3)
  3. É um amor que perdoa - “Eu, eu mesmo, sou o que apago as tuas transgressões por amor de mim e dos teus pecados não me lembro.” (Isaías 43:25) - “e da parte de Jesus Cristo, a Fiel Testemunha, o Primogênito dos mortos e o Soberano dos reis da terra. Àquele que nos ama, e, pelo seu sangue, nos libertou dos nossos pecados,” (Apocalipse 1:5)
  4. É um amor que renova - “O SENHOR, teu Deus, está no meio de ti, poderoso para salvar-te; ele se deleitará em ti com alegria; renovar-te-á no seu amor, regozijar-se-á em ti com júbilo.” (Sofonias 3:17)
  5. É um amor que transborda - “Ora, a esperança não confunde, porque o amor de Deus é derramado em nosso coração pelo Espírito Santo, que nos foi outorgado.” (Romanos 5:5)
  6. É um amor provado - “Mas Deus prova o seu próprio amor para conosco pelo fato de ter Cristo morrido por nós, sendo nós ainda pecadores.” (Romanos 5:8)
  7. É um amor inseparável - “Quem nos separará do amor de Cristo? Será tribulação, ou angústia, ou perseguição, ou fome, ou nudez, ou perigo, ou espada?” (Romanos 8:35)
  8. É um amor grandioso - “Mas Deus, sendo rico em misericórdia, por causa do grande amor com que nos amou,” (Efésios 2:4)
  9. É um amor inexplicável - “e conhecer o amor de Cristo, que excede todo entendimento, para que sejais tomados de toda a plenitude de Deus.” (Efésios 3:19)
  10. É um amor que transforma - “Vede que grande amor nos tem concedido o Pai, a ponto de sermos chamados filhos de Deus; e, de fato, somos filhos de Deus. Por essa razão, o mundo não nos conhece, porquanto não o conheceu a ele mesmo.” (1 João 3:1)
  11. É um amor que sacrifica - “Nisto consiste o amor: não em que nós tenhamos amado a Deus, mas em que ele nos amou e enviou o seu Filho como propiciação pelos nossos pecados.” (1 João 4:10) - “logo, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim; e esse viver que, agora, tenho na carne, vivo pela fé no Filho de Deus, que me amou e a si mesmo se entregou por mim.” (Gálatas 2:20) - “e andai em amor, como também Cristo nos amou e se entregou a si mesmo por nós, como oferta e sacrifício a Deus, em aroma suave.” (Efésios 5:2 )
  12. É um amor que protege - “guardai-vos no amor de Deus, esperando a misericórdia de nosso Senhor Jesus Cristo, para a vida eterna.” (Judas 1:21)

Conclusão:
  • Deus ama a todos: “Quando, porém, se manifestou a benignidade de Deus, nosso Salvador, e o seu amor para com todos,” (Tito 3:4)
  • Como você tem amado a Deus?
  • “Que te farei, ó Efraim? Que te farei, ó Judá? Porque o vosso amor é como a nuvem da manhã e como o orvalho da madrugada, que cedo passa.” (Oséias 6:4)
  • “Tenho, porém, contra ti que abandonaste o teu primeiro amor.” (Apocalipse 2:4)

Nenhum comentário:

Postar um comentário