Pesquisar este blog

sábado, 13 de maio de 2017

O REI LEMUEL E SUA MÃE


O texto: Pv 31:1-9

 

Introdução:

1.      As palavras do rei Lemuel, rei de Massá, que lhe ensinou sua mãe.(v1)

v Estas Palavras são uma bela recordação dos ensinos de uma mãe a um filho que hoje é um rei. (v.1)

v Que recordações você tem deixado aos seus filhos?

v O que mais lembro de minha mãe era a firmeza que nos corrigia. A história do chuchu – tínhamos que buscar a vara.

 

2.     Lemuel (Significa: Que pertence a Deus) havia sido consagrado a Deus). Os filhos não são nossos. São jóias a serem lapidadas. A argila a ser moldada.

 

3.     Que te direi, filho meu? e que te direi, ó filho do meu ventre? e que te direi, ó filho dos meus votos? (V.2) – O que pode uma mãe dar de valor significativo para seu filho?

 

4.     Lemuel lembra do desejo do coração de sua mãe para com ele:

v (v.2) – Ele era resposta de oração, um voto, uma promessa.

v Nos faz lembrar de Ana. (Samuel – Deus ouve).

v Que te darei? Expressa o desejo de dar algo de valor incomparável.

v Que valores você tem dado a seus filhos? Ela não precisa, dar mais nada, pois já havia dado o mais importante: Ensinado a viver uma vida digna.

 

Ilustração: Susana Wesley foi uma das grandes mães da história. Um dia, uma de suas filhas quis fazer algo que, embora não muito ruim, não era correto. Ao tentar demonstrar à filha que seu desejo não era bom, sentiu que a mesma não ficou plenamente convencida. Mais tarde,

Susana e a filha sentaram-se perto da lareira que, naquele momento, estava apagada. Virando-se para a filha, e apontando para o local do fogo, disse:
"Pegue aquele pedaço de carvão que está bem em cima."
"Eu não quero, mamãe," respondeu a menina.
"Pode pegar," continuou a mãe, "o fogo está apagado, não queimará você."
"Eu sei que não me queimará, " respondeu a filha, "mas minha mão ficará enegrecida."
"Exatamente," disse Susana Wesley. "Aquele prazer não lhe queimará, mas enegrecerá você. Deixe-o para lá." (Il. baseada em A mensagem)

 

5.     Lemuel se torna Rei. Como uma pessoa chega a este posto? Duas formas:

v Usurpação e engano (o contexto descarta esta possibilidade),

v ou por dignidade e reconhecimento do povo.

 

6.     Rei de Maassa - Hoje tinha a incumbência de transformar um lugar marcado pelo pecado (Massa – descrito na Bíblia como o lugar de provocação) em lugar de bênçãos onde emanam as águas do trono.

7.     Êxo_17:7 E chamou o nome daquele lugar Massá e Meribá, por causa da contenda dos filhos de Israel e porque tentaram ao SENHOR, dizendo: Está o SENHOR no meio de nós ou não?

8.     Os três conselhos da Bíblia: Palavras RA - (a profecia que lhe ensinou sua mãe) Rc, RVR, ou ainda Oráculos na TB. O texto dá o sentido de pregação baseada nas Escrituras.

 

I – PRIMEIRA PROFECIA -

3  Não dês às mulheres a tua força, nem os teus caminhos às que destroem os reis.

v Salomão no final de sua vida perdeu sua dignidade por causa das muitas mulheres.

v Gastar os seus recursos. Os seus bens.

v Tomar decisões baseadas nas paixões carnais.

v A mãe de Lemuel o ensinou muito bem o triste fim daqueles que se deixam levar pelo caminho da prostituição.

v Os perigos de hoje: A modernidade, a facilidade de trazer o que é mal para dentro de suas casas através da mídia.

 

 

II – SEGUNDA PROFECIA –

4  Não é dos reis, ó Lemuel, não é dos reis beber vinho, nem dos príncipes desejar bebida forte;

5  para que não bebam, e se esqueçam da lei, e pervertam o direito de quem anda aflito.

6  Dai bebida forte ao que está para perecer, e o vinho ao que está em amargura de espírito.

7  Bebam e se esqueçam da sua pobreza, e da sua miséria não se lembrem mais.

v Não é próprio daquele que é príncipe (Filho de Rei) se entregar as drogas.

v E sim daquele que não tem Deus

v As drogas são o mal do século: Feliz a mãe que consegue desviar seus filhos deste caminho..Ilustrar: Mães que amarram seus filhos...etc

v Ilustração a moça que morreu de acidente – uma garrafa de Whisky – era do próprio pai.

 

III – TERCEIRA PROFECIA

8  Abre a tua boca a favor do mudo, a favor do direito de todos os desamparados.

9  Abre a tua boca; julga retamente, e faze justiça aos pobres e aos necessitados.

v Este terceiro conselho tem a haver com o que está dentro do seu coração.

v Somente atenta para o mudo, o desamparado ou pobre e necessitado, aquele que tem um coração bom, que aprendeu a repartir, que não é egoísta ou avarento.

v Aquele que tem um coração bom, não explora o próximo.

v Robim Hood Cristão não existe. Ele trabalha honestamente para acudir ao necessitado.

 

Conclusão:

1.      Filho você tem seguido o ensino de sua mãe?

2.     Mãe o que você tem feito pelo futuro de seu filho?

3.     A mãe que achava graça quando o filho falava palavrão e chutava a canela dos outros. O tempo passou e passou a desacatar a própria mãe e chutar sua canela, etc.

Nenhum comentário:

Postar um comentário