Pesquisar este blog

quinta-feira, 1 de junho de 2017

O FRUTO DO ESPÍRITO EM PROVÉRBIOS





 Mas o fruto do Espírito é: amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão, domínio próprio. Contra estas coisas não há lei.” (Gálatas 5:22-23)



Introdução:

O fruto do Espírito é a forma que podemos identificar um verdadeiro cristão. Ele é o caráter do verdadeiro cristão, alguém pode até imitar alguma obra pertencente ao Espírito, mas não pode imitar a totalidade do seu fruto (noves gomos) no seu dia a dia.



“Mas o fruto do Espírito é:



 I - amor,

1.    Provérbios 10:12  O ódio excita contendas, mas o amor cobre todas as transgressões.

2.    Provérbios 15:17  Melhor é um prato de hortaliças onde há amor do que o boi cevado e, com ele, o ódio.

3.    Provérbios 17:17  Em todo tempo ama o amigo, e na angústia se faz o irmão.

4.    Provérbios 27:6  Leais são as feridas feitas pelo que ama, porém os beijos de quem odeia são enganosos.


II - alegria,

1.    Provérbios 12:25  A ansiedade no coração do homem o abate, mas a boa palavra o alegra.

2.    Provérbios 15:13  O coração alegre aformoseia o rosto, mas com a tristeza do coração o espírito se abate.

3.    Provérbios 15:30  O olhar de amigo alegra ao coração; as boas-novas fortalecem até os ossos.

4.    Provérbios 17:22  O coração alegre é bom remédio, mas o espírito abatido faz secar os ossos.


III - paz,

1.    Provérbios 3:2  porque eles aumentarão os teus dias e te acrescentarão anos de vida e paz. (os mandamentos)

2.    Provérbios 3:17  Os seus caminhos são caminhos deliciosos, e todas as suas veredas, paz.

3.    Provérbios 12:20  Há fraude no coração dos que maquinam mal, mas alegria têm os que aconselham a paz.

4.    Provérbios 1:33  Mas o que me der ouvidos habitará seguro, tranquilo e sem temor do mal.


IV - longanimidade,

1.    Provérbios 14:29  O longânime é grande em entendimento, mas o de ânimo precipitado exalta a loucura.

2.    Provérbios 15:18  O homem iracundo suscita contendas, mas o longânimo apazigua a luta.

3.    Provérbios 16:32  Melhor é o longânimo do que o herói da guerra, e o que domina o seu espírito, do que o que toma uma cidade.

4.    Provérbios 25:15  A longanimidade persuade o príncipe, e a língua branda esmaga ossos.


V - benignidade,

1.    Provérbios 3:3  Não te desamparem a benignidade e a fidelidade; ata-as ao pescoço; escreve-as na tábua do teu coração

2.    Provérbios 20:28  Amor e fidelidade preservam o rei, e com benignidade sustém ele o seu trono.


VI - bondade,

1.    Provérbios 11:17  O homem bondoso faz bem a si mesmo, mas o cruel a si mesmo se fere.

2.    Provérbios 15:26  Abomináveis são para o SENHOR os desígnios do mau, mas as palavras bondosas lhe são aprazíveis.

3.    Provérbios 21:21  O que segue a justiça e a bondade achará a vida, a justiça e a honra.

4.    Provérbios 31:26  Fala com sabedoria, e a instrução da bondade está na sua língua.


VII - fidelidade,  

1.    Provérbios 11:13  O mexeriqueiro descobre o segredo, mas o fiel de espírito o encobre.

2.    Provérbios 13:17  O mau mensageiro se precipita no mal, mas o embaixador fiel é medicina.

3.    Provérbios 25:13  Como o frescor de neve no tempo da ceifa, assim é o mensageiro fiel para com os que o enviam, porque refrigera a alma dos seus senhores.

4.    Provérbios 28:20  O homem fiel será cumulado de bênçãos, mas o que se apressa a enriquecer não passará sem castigo.

5.    Provérbios 3:3  Não te desamparem a benignidade e a fidelidade; ata-as ao pescoço; escreve-as na tábua do teu coração

6.     “ Muitos proclamam a sua própria benignidade; mas o homem fidedigno, quem o achará?” (Provérbios 20:6)


VIII - mansidão,

1.     “ Quem retém as palavras possui o conhecimento, e o sereno de espírito é homem de inteligência.” (Provérbios 17:27 RA)

2.    Provérbios 3:34  Certamente, ele escarnece dos escarnecedores, mas dá graça aos humildes.

3.    Provérbios 22:4  O galardão da humildade e o temor do SENHOR são riquezas, e honra, e vida.

4.    Provérbios 29:23  A soberba do homem o abaterá, mas o humilde de espírito obterá honra.



IX - domínio próprio.

1.    Provérbios 16:32  Melhor é o longânimo do que o herói da guerra, e o que domina o seu espírito, do que o que toma uma cidade.

2.    Provérbios 25:28  Como cidade derribada, que não tem muros, assim é o homem que não tem domínio próprio.



Conclusão: Qual fruto Jesus tem visto em sua vida?

Nenhum comentário:

Postar um comentário